News

Artes e ofícios portugueses transformados em roupa by Observador

Enquanto o futuro permanece incerto, as oficinas de artes decorativas da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva são a inspiração de uma nova coleção da Bainha de Copas.

Em vez de atirar a toalha ao chão, a Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva (FRESS) resolveu vestir uma blusa de seda e pôr um lenço ao pescoço. Enquanto as notícias se enchiam de expressões como “crise no GES”, “perda de mecenato” e “futuro incerto”, as agulhas da Bainha de Copas corriam a toda a velocidade para pôr de pé a coleção que é apresentada esta quinta-feira, 28, na casa que funciona também como escola e Museu de Artes Decorativas Portuguesas.

A parceria nasceu precisamente dos tempos conturbados: de um lado a FRESS, à procura de fontes de financiamento alternativas depois do colapso do Grupo Espírito Santo, seu principal mecenas e financiador, mas também a tentar abrir a casa e mostrar que não há apenas cómodas de estilo D. Maria a serem feitas no número 2 do Largo das Portas do Sol, em Lisboa. Do outro lado a Bainha de Copas, uma marca que tem vindo a transformar o património nacional em moda, dentro de um conceito chamado “Portuguese Wearitage” (qualquer coisa como “herança para vestir”) e que teve um dos seus pontos altos no momento em que Mariza usou uma saia cheia de azulejos perante 400 milhões de pessoas, na cerimónia de abertura da Liga dos Campeões, em maio do ano passado.

http://observador.pt/2015/05/27/artes-e-oficios-portugueses-transformados-em-roupa/

Full article →

Portuguese Wearitage da Bainha de Copas agora em Serralves

A marca portuguesa Bainha de Copas acredita que padrões, cores e cortes dão pano para mangas para fazer pessoas felizes. Reinterpreta o património português e convida artistas, designers, ilustradores e fotógrafos para criar produtos que contem histórias a cada vez mais mundo. Japão, Canadá, França, Austrália fazem já parte do livro de viagens da marca. Serralves apresenta agora estas histórias "de vestir": "A Tale of Tiles" e "Versatile", inspiradas no património azulejar português; as "Bainhas de Rua", carteiras e malas que, com base nas Fotos de Rua de graffitis, expõem a criatividade de artistas urbanos desconhecidos. A partir de Março na Loja de Serralves.

---

Portuguese Wearitage by Bainha de Copas now in Serralves

The Portuguese brand Bainha de Copas believes that patterns, colours and tailored cuts are the most perfect dress for happy people's stories. We celebrate the Portuguese heritage by inviting artists, designers, illustrators and photographers to create outfits and accessories which will tell stories to a bigger world.  Japan, Canada, France and Australia are already part of this brand's traveling book. It's now time for Serralves to present these 'wearable' stories: "A Tale of Tiles" and "Versatile", inspired by the Portuguese tiles heritage; "Bainhas de Rua", purses and handbags, which, being based on graffiti street photos, show the creativity of unknown urban artists. Available in Serralves Shop from March on. 

 

Full article →